1. Aplicações
  2. Tecnologia de medição
  3. Técnica de medição Teste de estanqueidade Trajes de sobrevivência

Técnica de medição para o teste de estanqueidade: segura procura de fugas

Testar coletes salva-vidas e trajes mergulho e roupas de proteção

No teste de estanqueidade de trajes de sobrevivência, coletes salva-vidas, equipamento de mergulho e roupas de proteção só pode haver 100 por cento de segurança, porque menos significa: nada. Portanto, empresas especializadas na inspeção destas roupas protetoras confiam em um instrumento de medição seguro de acordo com o método do gás traçador. O LD6000 é um tal instrumento de medição.

A medição do gás traçador também é conhecida como medição de gases vestigiais ou medição do gás de traçador e é um método comprovado para a detecção de micro-fugas. O gás é introduzido na área a ser testada, por exemplo, no traje de sobrevivência e um sensor altamente sensível sinaliza eventuais fugas por meio de um sinal acústico do instrumento de medição. Além de muitas outras aplicações, a medição do gás traçador é também, por conseguinte, apropriada para o teste de estanqueidade em vestuário de proteção.

O aparelho de medição funciona com uma mistura de gás traçador compatível com o meio ambiente

No Detetor combinado LD6000 do programa de aparelhos de medição da Trotec é empregada uma mistura de gás traçador composta de hidrogénio e azoto para o teste de estanqueidade. A partir das análises das propriedades físicas dos gases que são relevantes para a deteção de fugas, se sabe que o hidrogénio é superior a outros gases. Ele não é apenas o mais leve, mas também o mais barato de todos os gases traçadores. Além disso, é perfeitamente seguro quando utilizado diluido com azoto. E segurança completa é a coisa mais importante no teste de estanqueidade de coletes salva-vidas infláveis, assim como de trajes de proteção, de mergulho e de sobrevivência. No LD600 é empregada, para o teste de estanqueidade, uma mistura gasosa de 5% de hidrogénio e 95% de azoto. Esta mistura de gás que não contamina o ambiente não é inflamável, não é tóxica e não é corrosiva.

Bem apropriado para o teste de estanqueidade portátil a bordo do navio

Originalmente, o LD6000 foi concebido para a localização não-destrutiva de fugas finas e muito finas em tubulações e em telhados planos, para a localização de rupturas em cabos, assim como para a deteções de fugas em sistemas hidráulicos e pneumáticos, como também em recipientes, válvulas, trocadores de calor, construções e barcos. No entanto, a área de aplicação do medidor se estende da área da marinha e offshore até a verificações de fugas de coletes salva-vidas, de trajes de mergulho e de trajes para proteção contra frio ou produtos químicos com a aprovação MED. A carcaça de alumínio do detetor de fugas é à prova de poeira e de respingos de acordo com IP54. Com suas dimensões práticas de 21 x 16 x 6 cm e com um peso de aprox. 1 quilo, inclusive bolsa de transporte, o medidor também é apropriado para aplicações portáteis no navio e no campo.

Inspeções eficazes de coletes salva-vidas, de trajes de sobrevivência e de roupas de proteção

O LD6000 também é tão seguro e eficaz, porque, no teste de estanqueidade, o aparelho de medição reage extremamente rápido ao gás: O sensor eletrónico responde imediatamente em menos de um segundo de fuga de gás de teste. Em seguida, o sinal acústico pára, rapidamente, de modo que pode ser executada, imediatamente, uma nova medição. Este medidor de vazamento de hidrogénio é apropriado, não só por razões de segurança, para uso em empresas de inspeção certificadas, mas também porque o examinador pode, assim, testar efetivamente, coletes salva-vidas e trajes de sobrevivência. Os Custos de aquisição do LD6000 também se amortizam rapidamente.


Teste de estanqueidade de coletes salva-vidas e trajes de sobrevivência

 Equipamento de série

 adquirível como opção

 não disponível

Outros exemplos de aplicação para tecnologia de medição no campo da termografia

  • Localização de danos em rolamentos e de fissuras em rodas

    O LD6000 é um conjunto de análise de frequência para a localização acústica de linhas. O aparelho é, no entanto, capaz de fazer muito mais para os técnicos de segurança no setor ferroviário: Pode, por exemplo, ser usado para detetar danos nos rolamentos dos rodados. "Tecnologia de escuta" é como se apelida deste método eficaz.

    Maiores informações
  • Lâmpadas UV para SelectaDNA na operação policial

    Há alguns anos que a polícia aconselha, fortemente, a marcação de objetos de valor com DNA artificial como SelectaDNA. Em caso de furto, os bens roubados marcados deste modo podem ser atribuídos, rapidamente, ao proprietário. Além disso, os adesivos com o aviso de DNA artificial assusta ladrões. As taxas de arrombamento diminuem e a quota de esclarecimento de crimes aumenta. A marca só se torna...

    Maiores informações