Números de serviço:

Comércio: +49 2452 962 400
Indústria: +49 2452 962 777
Consumidor final: +49 2452 962 450
Segunda - Quinta: 8:00 - 17:30 horas
Sexta-feira: 8:00 - 17:00 horas
Porões húmidos?

Tem dúvidas?

Estamos à sua disposição para qualquer pergunta ou esclarecimento.

Comércio: +49 2452 962 400
Indústria: +49 2452 962 777
Consumidor final: +49 2452 962 450
E-Mail: info@trotec.com
  1. Produtos e Serviços
  2. Notícias
  3. Sumário
  4. Problemas. Motivos. Soluções.

Caves húmidas?

Problemas. Causas. Soluções.

O cheiro bolorento, a mofo de uma cave húmida é desagradável, mas a maioria das pessoas considera este problema de inofensivo. No entanto, uma cave húmida não é apenas um problema para o nosso nariz mas, tendo em vista que a humidade causa o aparecimento de bolor, um verdadeiro risco para a saúde. Problemas, causas e as soluções para uma cave húmida – é melhor analisarmos este assunto de forma sistemática:

A causa mais simples: um cano de água que verte

Quando não é necessário partir uma parede para reparar um fuga num cano, normalmente estes problemas são resolvidos de forma rápida e económica. Quando as causas são outras, a situação costuma ser mais complexa.

Causa: falta de selagem horizontal

Quando as paredes da cave estão húmidas, a causa, especialmente em edifícios antigos, pode ser a falta de impermeabilização horizontal em relação ao solo. Esta pode ser realizada posteriormente, por exemplo, abrindo pontualmente rasgos na alvenaria, pelo interior ou exterior, e inserindo neles chapas.

Causa: drenagem inexistente ou insuficiente

Quando, em caso de elevados níveis freáticos no solo, após forte precipitação, entra água pelas janelas das caves, ou se acumula, em terrenos inclinados, do lado exterior das paredes enterradas, a causa poderá ser ser uma drenagem inexistente ou insuficiente. Para que esta funcione de modo ideal e duradouro, os peritos do TÜV recomendam que os drenos sejam verificados cada dez anos por técnicos, realizando a manutenção e limpeza necessária.

Causa: arejamento errado

Em caso de temperaturas externas elevadas, as caves nunca devem ser arejadas durante o dia. Isto porque o ar quente armazena consideravelmente mais humidade que o ar frio. E quando a temperatura do ar na cave cai durante a noite, a humidade condensa nas paredes que também estão frias.

Causa: pintura de impermeabilização defeituosa

A humidade também pode entrar na vertical, devido a pinturas de impermeabilização defeituosas. Betume, por exemplo, utilizado na impermeabilização de caves, decompõe-se já após cerca de 30 a 40 anos. Regra geral, é muito trabalhoso renovar esta pintura pois, para poder fazê-lo, é necessário escavar as paredes da cave pelo exterior até ao fundo e reaplicar a impermeabilização.

Causa: algerozes entupidos

Se um canto da cave apresentar manchas húmidas repetidas vezes, a causa pode ser um sistema de caleiras entupido junto à parede de casa: a água da chuva, que deveria escorrer, acumula-se na caleira e, quando esta transborda, penetra na alvenaria. Por este motivo, caleiras e tubos de queda devem estar sempre limpos. Caso já se tenham formado zonas húmidos nas paredes, recomenda-se a utilização de um desumidificador de obra, para evitar danos subsequentes.

Em caso de dúvida, o perito em edifícios auxilia

Quem não consegue descobrir os motivos da humidade numa cave, deve consultar um perito em edifícios. Existem várias entidades, desde ISQ, TÜV ou as centrais de apoio ao consumidor que o auxiliam na mediação com peritos independentes.

É melhor desumidificar também a cave

Excesso de humidade na cave gera mofo: as consequências podem ser alergias e outras doenças sérias. Proteja-se com um dos nossos desumidificadores económicos e energeticamente eficientes e assegure uma cave continuamente seca: Informe-se sobre a nossa gama de aparelhos apropriados. Com a maior variedade de desumidificadores temos sempre um modelo apropriado para cada necessidade e gosto!

Aos desumidificadores