Tem dúvidas?

Estamos à sua disposição para qualquer pergunta ou esclarecimento.

Reparador de danos por água: +49 2452 962 444
Locador: +49 2452 962 444
Comércio: +49 2452 962 400
Indústria: +49 2452 962 777
Consumidor final: +49 2452 962 450
E-Mail: info@trotec.com
  1. Produtos e Serviços
  2. Máquinas - HighPerformance
  3. Secagem de isolamentos
  4. Unidades de secagem de camadas de isolamento
  5. VE 4 MultiQube
  6. Optiflow

Optiflow

Otimização profissional da instalação, à primeira vista ...

Já conhece isto do seu automóvel: Graças ao velocímetro e ao conta-rotações estará sempre em condições de ler, de modo preciso, a velocidade e o regime do seu carro e de os alterar, conforme necessário.

Lógico é, que os valores da escala entre zero e o máximo, representados no velocímetro, de um modo geral, correspondem também à capacidade de rendimento do seu veículo.

Assim, seria uma tolice completa instalar num furgão, com uma velocidade máxima de 160 km/h, um velocímetro com uma escala entre -600 e +2.400 km/h, quando a área relevante está entre 0 e 160 km/h.

Numa escala deste tipo, 95% da zona de valores seria completamente inútil, além disso, o motorista perderia qualquer possibilidade de adaptar a sua marcha a uma determinada velocidade, legível no velocímetro, porque cada movimento mínimo da agulha do velocímetro representaria logo 50 km/h de velocidade!

Claro que ninguém aceitaria este absurdo no seu automóvel! Mas então por que o aceitamos nas unidades de secagem de isolamentos?

Ainda hoje continuam a ser instalados amperímetros em secadores de isolamentos com o argumento que deste modo se pode afinar a instalação do equipamento, embora este seja precisamente um caso em que a utilidade de um amperímetro é idêntica à do velocímetro-fantasia do nosso exemplo anteriormente descrito:

Com sua larga gama de valores de dois dígitos, amperímetros dão a impressão de que toda esta ampla escala é importante para a secagem.

De facto, porém, a zona de rendimento importante para um secador de isolamentos entre "parado" e "rendimento máximo" restringe-se a menos de um ampere e, por conseguinte, a somente um ou dois riscos na escala do amperímetro. Ou seja, mais de 95% da escala de valores é totalmente desnecessária.

Mas isto ainda não é tudo:

Entre um caudal de 100% (ótimo) e inferior a 20% (economicamente insustentável) não existe sequer um ampere de diferença numa utilização real de um secador de isolamentos! Isto corresponde a uma secção mínima na escala do amperímetro, na qual não poderá nem ler corretamente os valores decisivos da medição real, nem tirar conclusões com base nestes valores!

Mesmo no caso de aparelhos, cujo amperímetro dispõe de uma escala colorida, em vez de números, este facto não altera nada na inutilidade destes mostradores para uma otimização da instalação!

A cereja no topo do bolo: Como alguns fabricantes parecem ter conhecimento da inutilidade de amperímetros na realidade da secagem de isolamentos, alguns aparelhos são equipados adicionalmente com uma indicação de temperatura, de forma a prevenir o sobreaquecimento – supostamente, para que se tenha pelo menos um valor de orientação prestável . E isto ainda é comercializado como "equipamento extra"!

Amperímetro e secador de isolamentos – em resumo:

  • As escalas de valores dos amperímetros habitualmente instalados não tem qualquer utilidade para o técnico de secagem – apesar das escalas frequentemente irem de 0 até 20 amperes, a importância está reduzida a uma pequenina área de milímetros – mesmo no caso das escalas coloridas.
  • Amperímetros servem no máximo como indicadores grosseiros de um eventual sobreaquecimento da turbina.
  • Entre 90% e 20% do fluxo de um secador de isolamentos costuma haver menos de um ampere de diferença – na utilização prática é impossível ler ou determinar estes valores de modo preciso.
  • Amperímetros são absolutamente ineficientes quando se trata do controle de instalação e a otimização do rendimento de instalações de secagem de isolamentos.

Optiflow – eis como se otimiza hoje em dia

Em vez de amperímetro e de indicação de temperatura, os modernos secadores de isolamento profissionais da Trotec, com a sua tecnologia Optiflow, única, dispõem já desde 2007 de uma solução eletrónica complexa de série, que deteta, calcula e visualiza, de modo inteligente, todas as informações importantes com respeito à temperatura do motor, pressões e caudais de ar.

Assim sendo, Optiflow não é apenas um "substituto do amperímetro onde piscam luzes coloridas", ou uma engenhoca para chamar a atenção – Pelo contrário: O que à primeira vista parece banal, na realidade exigiu um intenso trabalho de desenvolvimento, muita experiência e amplo know-how, para que a complexa tecnologia se pudesse tornar, à primeira vista, simples de manusear para o utilizador.

Em causa própria:

Os secadores de isolamento da Trotec de primeira geração também foram equipados com amperímetros para o controlo da instalação. Naquela altura, era a melhor tecnologia existente, mas desde 2007 isso mudou!

Por que então a Trotec continua a instalar um amperímetro no VE 4 S MultiQube atual?

Isto deve-se ao facto dos amperímetros ainda serem apresentados como tecnologia atual em modelos da concorrência. Nós não queremos ensinar o Pai Nosso ao vigário – por isso: Se os nossos clientes querem um soprador com amperímetro então devem poder assegurar a melhor relação preço/desempenho deste segmento no mercado com o nosso VE 4 S MultiQube!

Concentração no essencial

OptiflowDe modo simplificado pode-se dizer que, entre outros, a eletrónica Optiflow é capaz de aumentar, de modo significativo, a resolução da faixa de amperes relevante, o que possibilita processar mesmo as menores alterações no valor do sinal.

Em termos figurativos o Optiflow funciona como uma lupa extremamente grande, capaz de visualizar mesmo as menores alterações de corrente o que permite um ajuste preciso da configuração da instalação.

A apresentação Optiflow é realizada segundo o princípio de um semáforo, de verde a vermelho, com nove LEDs individuais. Este sinal torna-se claro para todos os utilizadores, no melhor sentido da expressão, não implica complicadas leituras ou conversões de valores de medição e pode ser lido sem margem de erro, mesmo à distância e em ambientes com fraca iluminação!

"Tecnologia iluminada", direto ao ponto (LED)

Quanto mais "verde" a indicação Optiflow, tanto mais elevado o rendimento da instalação de secagem. Verde indica um fluxo de ar livre (> 90%) através do isolamento.

Optiflow

Amarelo sinaliza, que a instalação existente ainda não está perfeita, mas pode ser otimizada com aberturas adicionais de descarga. Se os LEDs estiverem vermelhos, a passagem de ar é insuficiente (< 30%!) e há necessidade de alterar radicalmente a instalação.

Vantagens Optiflow:

  • Configuração da instalação de secagem
  • Sempre com o maior nível de eficiência
  • Princípio do sistema de sinalização tipo semáforo é claro e simples
  • Indicação de controlo da instalação com ótima legibilidade
  • Mesmo à distância ou no escuro
  • Tempos de secagem mais curtos devido à otimização do rendimento